BUSQUE O ARTIGO

Moda, Beleza e Comportamento

Tag Archives:
Botox®

Preenchimento e Botox – qual a diferença?

Olá Bellas!

Hoje gostaria de ajudar a entender a diferença entre dois dos procedimentos estéticos mais famosos, o Botox e o Preenchimento!

Muitas vezes alguém ouve falar que uma amiga fez Botox e outra fez Preenchimento, e fica na dúvida de qual é a diferença entre os dois!

Local de aplicação.
O Botox em geral, é usado para diminuir as ruguinhas na testa, entre as sobrancelhas e ao redor dos olhos (os famosos pés de galinha). Já o preenchimento é muito usado na ruga que se forma entre a bochecha e a região dos lábios, chamada de sulco nasogeniano, e mais conhecida popularmente como “bigode chinês”. Também se usa para diminuir rugas ao redor dos lábios (conhecidas como rugas dos fumantes ou em “código de barras”), e pode ser usado para aumento do volume dos lábios, quando é essa a intenção. Em alguns casos é usado para diminuir as olheiras, quando existe um sulco fazendo sombra na pálpebra inferior.

Tempo de duração.
Em geral a duração do preenchimento de ácido hialurônico é de 1 ano, e depois disso o produto vai sendo reabsorvido pelo organismo. O Botox costuma durar menos, em média 4 a 6 meses.

Modo de ação.
A diferença principal é na forma de ação dos produtos – o Botox é uma medicação que age como um relaxante muscular, e o preenchimento é um gel que na mesma hora em que é aplicado literalmente preenche a área da ruga que está profunda na pele, tornando-a menos marcada.

Cuidados antes do tratamento.
Hoje em dia o preenchedor de ácido hialurônico é o mais usado, pois é raro haver reação alérgica com ele (em torno de 1%). Com outros preenchedores mais antigos, esse risco era muito maior, e muitas vezes o aspecto ficava artificial. Algumas pessoas com histórico de alergias, com doenças da coagulação sanguínea, e em uso de certas medicações, não devem realizar o procedimento. Para aplicação do Botox também existem contraindicações e riscos de alergia, ainda que raros (também em torno de 1%). Por isso é muito importante, antes de qualquer intervenção, conversar com seu médico, para que ele saiba seu histórico de saúde e oriente se é adequado para o seu caso!

Quando bem indicado, e sem exageros, o resultado pode ficar bem natural e deixar muito feliz quem estava incomodada com aquela marquinha!

Bjos!

Dra Flavia Jorge
Médica Dermatologista
CRM 124469 / RQE 37373
www.facebook.com/clinicajorge
Tel (11) 3661-7452/ (11) 3663-0377

hoje vamos falar de Botox®

Olá Bellas!

A aplicaçāo de Botox® cada vez mais cedo e o exagero nos procedimentos estéticos em geral vem gerando muita polêmica na mídia e nas conversas entre amigas. É um assunto muito controverso!

Mas afinal, o que pode ou nāo pode?

A toxina botulínica (nome comercial Botox®) é um relaxante muscular, usado para algumas doenças e também para uso estético.

 

É aprovado pela Anvisa o uso em crianças a partir de 2 anos para casos de contraçāo muscular por paralisia cerebral, e pode ser usado após os 12 anos para crianças no tratamento de estrabismo.

O uso estético, para rugas na testa e ao redor dos olhos, é permitido a partir dos 18 anos!! Alguém com 18 anos precisa disso? Provavelmente nāo. E realmente sobra para o bom senso do médico e do paciente decidir a hora de aplicar, se for essa a vontade.

 

Com o passar do tempo é normal que se formem rugas no nosso rosto, e é perfeitamente natural que algumas pessoas desejem atenuar esses sinais, e que outras nāo liguem para isso.

Caso esteja incomodando, realmente o ideal é iniciar as aplicações antes que as linhas estejam marcadas profundamente na pele, pois nesses casos o Botox nāo consegue resolver a questāo. Prevençāo é o que mais funciona para tudo!

 

A apliçāo é rápida, feita no consultório mesmo. Após 3 dias se inicia o efeito; depois de 15 dias tem-se o resultado. Dura em média 4-6 meses, com variações individuais. Após esse período, o produto é reabsorvido pelo nosso organismo, e pode ser feita reaplicaçāo caso haja vontade do paciente e indicaçāo médica para isso.

As contraindicações sāo: alergia prévia à medicaçāo, gravidez, algumas doenças musculares, algumas doenças da imunidade e uso de antibióticos aminoglicosídeos.

Complicações mais comuns sāo dor durante a aplicaçāo, hematomas, dor de cabeça nos dias seguintes ao procedimento, perda da expressāo se usada em grandes doses e raramente pode haver reaçāo alérgica à medicaçāo. Nāo deixe de consultar seu médico dermatologista de confiança, para esclarecer eventuais dúvidas e ter segurança antes de qualquer tratamento.

 

Entāo… ainda bem que temos liberdade para fazermos nossas escolhas, e vamos tentar ter discernimento para saber quais sāo nossos próprios limites!

 

Um beijo!

 

Dra Flavia Jorge

Médica Dermatologista

CRM 124469 / RQE 37373

Email: flaviajorgedermato@gmail.com

www.facebook.com/clinicajorge