BUSQUE O ARTIGO

Moda, Beleza e Comportamento

Tag Archives:
caminhada

Idosos e atividade física

Que a atividade física tem inúmeros benefícios todos já sabemos, mas a partir de uma determinada idade, ela é essencial na prevenção de algumas doenças bem como no fortalecimento do sistema muscular, evitando lesões e aliviando dores articulares. Ela promove o aumento da massa magra, resistência muscular e diminuição da frequência cardíaca.

Além de  ajudar a alcançar o bem-estar físico, contribuir para a prevenção de lesões causadas pelo esforço, movimentos repetitivos ou posturas incorretas, a prática de atividade física é ainda uma excelente arma contra a depressão, melhorando a auto-estima, fortalecendo as relações sociais e interpessoais e combatendo  o isolamento.
Nesta fase da vida, a atividade  física tem também um papel crucial na prevenção e combate à doenças como a hipertensão, derrames, varizes, obesidade, diabetes, osteoporose, problemas de coração e pulmões.

O fortalecimento do sistema muscular permite diminuir  o risco de quedas e facilita a manutenção dos movimentos dos braços, pernas e tronco, permitindo ao idoso manter a sua autonomia e independência.

Numa fase inicial, e para quem não está habituado à prática de exercício físico, recomendam-se atividades de baixo impacto, como as caminhadas, natação ou hidroginástica e musculação, sempre com um profissional da área ajudando e orientando.

As caminhadas, para além de promoverem a interação social, ajudam a fortalecer os músculos e articulações, e melhoram o ritmo cardíaco.

Recomenda-se a utilização de calçado confortável e a realização de alongamentos antes e depois da cada caminhada.
A natação é também uma opção ótima; A partir dos 60 anos os seus benefícios passam pela prevenção de lesões, alívio das dores causadas pela artrite, alongamento e fortalecimento dos músculos e articulações.

A hidroginástica também ativa e exercita todos os músculos. Esta atividade melhora o ritmo cardíaco, alivia as dores e desenvolve a força e resistência, de um modo geral.

Andar de bicicleta é outra atividade que traz bastantes benefícios. Entre eles, contribui para a diminuição da pressão arterial, para o alívio das dores e para o fortalecimento das articulações, sobretudo as dos joelhos, tornozelos e ancas.
Com a pratica da atividade física vai haver uma melhora do bem estar geral, melhora da condição da saúde física e mais importante, a preservação da independência e autonomia.

Lembrando que a  atividade física é uma das intervenções mais eficientes quanto à melhora da qualidade de vida dos idosos, pois auxilia no controle das mudanças ocorridas pelo processo de envelhecimento, promovendo a independência e autonomia nas atividades do cotidiano.

Bons treinos!

Carla Simaes
Personal Trainer
Insta @csimaespersonaltrainer

Importância do glúteo médio na corrida e caminhada

Hoje em dia já se sabe que o fortalecimento dos glúteos não é só uma questão de estética feminina. 

O glúteo médio localizado na região lateral da anca, e tem um papel crucial como estabilizador da região pélvica na corrida e caminhada, principalmente na fase em que o membro inferior não realiza contacto com o solo. Quando este músculo está fraco, observa-se queda excessiva da anca durante a atividade podendo gerar alterações na biomecânica da coluna, anca, joelho, tíbia e pé. Em consequência disso, o atleta apresentará maior risco de desenvolver lesões.
 O glúteo médio é o único músculo responsável por manter o equilíbrio do movimento, todos os outros estão envolvidos absorvendo e gerando forças para que a passada se mova para frente. Músculos enfraquecidos não são eficientes, fazendo com que a energia gerada pelo impacto vá para as articulações, principalmente do quadril e joelho. A falta de preparo também impede a postura ideal, aumentando o gasto energético.

Normalmente o corredor não consegue associar a dor à falha do glúteo médio, pois as dores se manifestam em outras regiões.

No entanto, muitas vezes é difícil fortalecer este músculo sem também fortalecer um músculo chamado tensor da fáscia lata, que está localizada na direção da frente do quadril que quando excessivamente ativado  pode levar a uma  movimentação indesejada do quadril (rotação interna) que pode piorar quadros de dor no joelho, quadril, ou nas costas.

Se informe com o seu treinador e verifique que está treinando certo!!

Carla Simaes
Personal Trainer
Insta @csimaespersonaltrainer