BUSQUE O ARTIGO

Moda, Beleza e Comportamento

Tag Archives:
cisma

Minha neurose de estimação

Todos temos manias e coisas das quais cismamos: muitas vezes as cismas são estruturantes. Preciso fazer tal coisa de uma determinada forma, pois assim dá certo!

Superstição ou neurose?

Nascemos neuróticos? Acho que não, mas ao longo da vida colecionamos experiências que assim nos tornam.

Difícil mudar a compreensão dos fatos, se até agora vivi assim, e aqui estou! Certo?

Hoje, pela manhã, li no Facebook um artigo sobre a “pausa” de toda a mãe. Fala da dedicação e desvelo em cuidar das crias. Concordo em gênero, número e grau.

O problema, é que a dedicação leva ao sentimento de propriedade, natural. Afinal, carregamos as crias por 9 meses e por ao menos 20 anos após o nascimento.

Os filhos crescem, ficam independentes (?) e isso obriga a nos ver um pouco sem utilidade. Este pedaço torna-se difícil, pois sem nos darmos conta, estamos com mais tempo disponível (tempo mental), por reconhecer que fizemos um trabalho bem feito e os filhos já podem escolher seus caminhos.

Mesmo sem que concordemos muito, vão nos deixando, caminhando e construindo suas próprias vidas.

É ai que mora o perigo, pois sem perceber, nos tornamos vítimas da própria armadilha! Vitimas??? Será?

Chantagem, cobrança… Nada disso, mas como somos seres neuróticos por excelência, acaba acontecendo! O que fazer com este sentimento, ou melhor, constatação que já não somos o centro da vida dos filhos? São eles ingratos ou é assim que tem que ser?

Muitas vezes revejo minha trajetória, como filha e como mãe. Tento assim compreender e pensar como posso “permitir” que isso aconteça (a liberdade de ambos: mãe e filho) e cada um seguir a vida da melhor forma possível, sem pesos ou cobranças. Sem culpas ou dívidas.

Neuroses, todos têm e esta é das mais evidentes. Somos a única especie do planeta que leva tanto tempo para separar-se da cria. E a cria separar-se de nós.

Mas o amor que tenho pelas minhas crias é tanto, que devo cada dia mais aprender, e confiar que fiz um bom trabalho. E ver de longe, o caminho de cada um deles.

E viver com uma das minhas neuras de estimação!

Miriam Halpern
psicóloga e psicanalista
mhalperng@gmail.com