BUSQUE O ARTIGO

Moda, Beleza e Comportamento

Tag Archives:
creme de leite

Mousse bicolor de chocolate e maracujá

Origem do mousse:

Proveniente do francês, “mousse” quer dizer “espuma”, e entrou no mundo culinário em 1894, sendo reservada especialmente a pratos salgados, tais como o peixe e os legumes. E, foi no início de 1900 que o famoso artista francês Henri Toulouse-Lautrec, teve a brilhante ideia de misturar o chocolate e chamou-lhe “maionese de chocolate”

Felizmente o nome foi alterado e adotou um nome mais apetitoso, ainda hoje conhecido por “mousse de chocolate”.
Esta tradição francesa, conhecida mundialmente, é servida desde o café da esquina aos restaurantes gourmet!

Uma outra versão é tão interessante,que a outra. conta que na Roma antiga, existia uma mistura de mel com vinho chamada de muslum. Com as modificações do latim, a palavra transformou-se em mulsa.

Em francês, a palavra se transformou em mousse e, por volta do século 19, foi o nome dado a um doce aerado preparado na Inglaterra. Mousse na França ou musse no bom português, significa algo leve e espumoso, porém com textura estável.

Segue uma receita de mousse para que possam degustar essa maravilha!

Mousse bicolor:

->Ingredientes:

1 lata de leite condensado
2 latas de creme de leite sem soro
A mesma medida de suco de maracujá concentrado
1 barra de chocolate ao leite (170 g)

->Modo de fazer:

Bata no liquidificador o leite condensado, o suco de maracujá e uma lata de creme de leite, por aproximadamente 5 minutos e reserve.
Derreta a barra de chocolate em banho-maria e acrescente uma lata de creme de leite.
Coloque o chocolate com o creme de leite em uma travessa e espalhe bem, em seguida coloque a mousse, leve para gelar e sirva a seguir.

Rendimento: 6 porções.

Bom apetite!!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

*foto retirada do site Cybercook.uol.com.br

Receita de Chocolate quente cremoso

Chocolate quente é uma bebida quente e doce feita com chocolate ou cacau em pó dissolvido no leite quente ou na água mineral sem gás. A sua textura pode variar desde muito espesso e aveludado a muito líquido e pouco consistente, dependendo isto do grau do cozimento do chocolate depois de dissolvido e da quantidade usada.

Chocolate quente cremoso

-> Ingredientes:

2 xícaras (chá) de leite
1 colher (sopa) de amido de milho
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
4 colheres (sopa) de açúcar
1 canela em pau1 caixinha de creme de leite

-> Modo de fazer:

Em um liquidificador, bata o leite, o amido de milho, o chocolate em pó e o açúcar.
Despeje a mistura em uma panela com a canela e leve ao fogo baixo, mexendo sempre até ferver.
Desligue, adicione o creme de leite e mexa bem até obter uma mistura homogênea.
Retire a canela e sirva quente.

Rendimento: 4 porções.

Bom apetite!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Receita de Strogonoff de Salmão

Uma receita bastante parecida com a que conhecemos hoje – à base de pedaços de carne, creme de leite, cebola e sal – já era preparada na Rússia czarista do século XIX. Segundo vários historiadores da gastronomia, o nome vem da família russa Stroganov, cuja origem é anterior ao ano 1500.

Difícil é saber qual Stroganov foi, de fato, o criador da receita. Alguns pesquisadores a atribuem ao conde e diplomata Pavel Stroganov – que teve importante atuação política no reinado de Alexandre I (1777-1825) – ou a um de seus cozinheiros franceses.

Outros afirmam que teria sido outro membro da mesma família, frequentador da corte de Pedro, o Grande (1672-1725). Ainda assim, a respeitada enciclopédia de culinária Larousse Gastronomique (sem edição brasileira) cogita que o nome pode ser derivado do verbo strogat, que, em russo, significa algo como “cortar em pedaços”.

Já a adição de champignons, páprica e mostarda é creditada ao cozinheiro francês Thierry Costet, que viveu na Rússia no final do século XIX.

Strogonoff de salmão

-> Ingredientes:

500 g de salmão em cubos temperados com suco de 1 limão, sal e pimenta-do-reino
1 lata de champignon fatiado
1/2 cebola ralada
2 dentes de alho amassados
1 lata de creme de leite
1/2 xícara de vinho branco seco (Opcional)
2 colheres de manteiga
3 colheres de catchup
1 colher de molho inglês
1 colher de mostarda

-> Modo de fazer:

Se possível, tempere o salmão em cubos com o suco de 1 limão, sal e pimenta-do-reino na noite anterior.
Derreta a manteiga e doure a cebola por 2 minutos.
Acrescente o alho e deixe fritar até dourar.
Acrescente o salmão e mexa delicadamente para não despedaçar o peixe, cozinhe o peixe durante uns 5 minutos
Acrescente os cogumelos fatiados, o vinho branco (opcional), catchup, mostarda e o molho inglês tampe a panela e deixe refogar por 5 minutos.
Por último adicione o creme de leite.

Rendimento: 6 porções.

Dicas: Servir junto com arroz branco e batata palha.

Bom apetite!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Receita de Creme de Pitaya

A Pitaya, essa fruta bem diferente e bonita de origem asiática, também conhecida como “fruta do dragão” e que chamou a atenção pelo seu desenho tanto por dentro quanto por fora. Tem uma sabor sutil, bem suculenta, algo ente kiwi e lichia.

Poderosa aliada no processo de perda de peso, a pitaya é uma fruta exótica com sabor adocicado que tem ação termogênica e ajuda a eliminar os radicais livres do organismo. Como se não bastasse ajudar a se livrar dos temidos quilinhos extras, ela tem vários benefícios para o corpo e pode ser consumida de diversas maneiras.

Tão gostosa quanto uma sobremesa, a fruta é rica em Vitamina C, cálcio e ferro, ajuda a eliminar toxinas do organismo, reduzir os níveis de colesterol ruim, auxiliar na digestão e transformar açúcares e gorduras em energia.

Creme de pitaya

-> Ingredientes:

1 Pitaya
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1 pacote de gelatina sem sabor (15 g)

-> Modo de fazer:

Bata a polpa da fruta com o leite condensado e o creme de leite no liquidificador.
Dissolva a gelatina em 2 colheres de água morna e adicione ao creme.
Bata por mais uns instantes.
Coloque em tacinhas individuais e leve para a geladeira, até ficar mais consistente.

Rendimento: 4 porções.

Bom apetite!

 

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express