BUSQUE O ARTIGO

Moda, Beleza e Comportamento

Tag Archives:
doce

Pão de mel Fit

Há duas versões: A primeira versão conta que o pão de mel nasceu na Rússia por volta do século IX e era chamado de “pryanik”. Ele era uma mistura de farinha, suco de frutas e mel, sendo que esse último ingrediente constituía quase metade de todos os outros. Mais tarde, lá pelos séculos XII e XIII, foram adicionadas especiarias vindas da Índia e Oriente Médio, como canela, nozes, gengibre, frutas secas, entre outros.

Com o tempo a receita se espalhou e em cada região que o pryanik foi introduzido, ele ganhou um jeitinho diferente para ser preparado e assado. Ele era feito em vários formatos, desde animais, para enfeitar as árvores de natal, até alguns formatos próprios para casamentos, festas, celebrações, datas especiais e, olhe só que curioso, eram também ofertados em formato de anjos para doentes, com o objetivo de curar a pessoa.

A outra versão nos diz que o pão de mel é um doce de origem europeia, elaborado à base de mel, farinha de trigo, chocolate, manteiga, especiarias e ovos. Nesse caso, os culinaristas europeus descobriram que o pão de especiarias poderia ser coberto com chocolate derretido para prolongar o seu sabor e umidade.

Atualmente o pão de mel é apreciado em todo o mundo, com ou sem cobertura de chocolate, e com diferentes recheios.

Pão de mel fit

-> Ingredientes:

2 ovos
3 colheres de sopa de cacau 100%
3 colheres de sopa de farelo de aveia
3 colheres de sopa de água
2 colheres de sopa de mel
1 colher de café de canela em pó
1 colher de sopa de fermento em pó
1 colher de sopa de óleo de coco ou vegetal

Recheio
Pasta de amendoim

Cobertura
120g de barra de chocolate 50% ou mais
1 colher de café de óleo de coco ou vegetal
Água

-> Modo de preparo:

da massa:

Bata à mão o óleo de coco/vegetal, ovos e o mel. Acrescente o restante dos ingredientes e deixe o fermento por último. Unte as formas de pão de mel (caso use as forminhas de silicone, não precisa untar). Despeje a massa, deixe assar em forno médio de 180 a 200 graus, por cerca de 20 a 30 minutos.

da calda:

Pique o chocolate e coloque 1 colher de café de óleo de coco/vegetal e um pouco de água para amolecer como uma calda. Leve ao micro-ondas em um pote de vidro por 30 segundos, mexa e volte para mais 30 segundos caso tenha necessidade.

-> Montagem:

Após assados os pães de mel, abra-os ao meio e recheie com a pasta de amendoim. Feche-os com cuidado e cubra-os com o chocolate derretido. Leve à geladeira para secar a cobertura.

Bom Apetite!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

  • fonte da foto: MdeMulher

Pudim Fit

Pudim:

O pudim é uma sobremesa amada pelos brasileiros, uma receita clássica que faz parte de milhões de brasileiros. É tão popular que há quem acredite que se trata de uma especialidade da culinária brasileira.

Essa sobremesa surgiu no século XVI dentro dos conventos portugueses. E foi ensinada para nós brasileiros, já que eles eram nossos colonizadores, pegamos o gosto pelo doce bem rápido. Nessa época o pudim era feito de leite ainda.

Conta a história que essa sobremesa foi inventada por um abade português que não divulgava a receita para ninguém que ousava perguntar, mas como o sucesso do seu doce entre a população era tão grande, o abade decidiu fazer uma competição com outros confeiteiros da época, para ver se algum deles conseguia preparar o pudim perfeitamente como ele. Por fim das contas, na competição ninguém conseguiu fazer exatamente um pudim como o abade, porém os portugueses já tinham uma ideia de como chegar a algo próximo. A receita do abade só foi revelada após sua morte, seu caderno de receitas desapareceu misteriosamente e o segredo veio à tona: açúcar, gemas, água e toucinho de porco faziam o Pudim de Priscos, um sucesso bem simples da culinária portuguesa.

A receita se expandiu e o pudim agradou o paladar de muitos no mundo inteiro, aqui mesmo no Brasil se tornou uma sobremesa clássica, presente em qualquer tipo de evento ou situação por ser um doce muito fácil e rápido de se fazer. Além de se tornar extremamente popular, o pudim ganhou derivações: chocolate, frutas, pão… Tem para todos os gostos! Eles são preparados em banho-maria, método que consiste em colocar o creme preparado com os ingredientes em uma forma caramelizada, cuja é colocada dentro de outro recipiente com água e levada ao forno (ou fogo).

Pudim fit:

Ingredientes:

6 ovos
2 xícaras de leite desnatado
1 xícara de iogurte desnatado
3 colheres de sopa de adoçante culinário
3 colheres de sopa de açúcar demerara
1 colher de sopa de água

Modo de fazer:

Bater os ovos, leite, iogurte e o adoçante.
Reserve.
Coloque o açúcar demerara e a água na forma e coloque sobre o fogo médio até caramelizar.
Despeje delicadamente o pudim sobre a calda.
Leve ao forno no banho-maria por 40 minutos.

Rendimento: 10 porções.

Espero que aproveitem!

Bom apetite!!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Mousse bicolor de chocolate e maracujá

Origem do mousse:

Proveniente do francês, “mousse” quer dizer “espuma”, e entrou no mundo culinário em 1894, sendo reservada especialmente a pratos salgados, tais como o peixe e os legumes. E, foi no início de 1900 que o famoso artista francês Henri Toulouse-Lautrec, teve a brilhante ideia de misturar o chocolate e chamou-lhe “maionese de chocolate”

Felizmente o nome foi alterado e adotou um nome mais apetitoso, ainda hoje conhecido por “mousse de chocolate”.
Esta tradição francesa, conhecida mundialmente, é servida desde o café da esquina aos restaurantes gourmet!

Uma outra versão é tão interessante,que a outra. conta que na Roma antiga, existia uma mistura de mel com vinho chamada de muslum. Com as modificações do latim, a palavra transformou-se em mulsa.

Em francês, a palavra se transformou em mousse e, por volta do século 19, foi o nome dado a um doce aerado preparado na Inglaterra. Mousse na França ou musse no bom português, significa algo leve e espumoso, porém com textura estável.

Segue uma receita de mousse para que possam degustar essa maravilha!

Mousse bicolor:

->Ingredientes:

1 lata de leite condensado
2 latas de creme de leite sem soro
A mesma medida de suco de maracujá concentrado
1 barra de chocolate ao leite (170 g)

->Modo de fazer:

Bata no liquidificador o leite condensado, o suco de maracujá e uma lata de creme de leite, por aproximadamente 5 minutos e reserve.
Derreta a barra de chocolate em banho-maria e acrescente uma lata de creme de leite.
Coloque o chocolate com o creme de leite em uma travessa e espalhe bem, em seguida coloque a mousse, leve para gelar e sirva a seguir.

Rendimento: 6 porções.

Bom apetite!!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

*foto retirada do site Cybercook.uol.com.br

Receita de Fudge crocante de chocolate

Fudge:

Algumas fontes citam que o fudge é um doce de origem britânica, que foi levado para os EUA onde popularizou-se. Outras, entretanto, dizem que o fudge é puramente americano.

Seja como for, hoje o fudge é muito mais popular nos EUA, apesar de também ter uma presença forte na Inglaterra, Austrália e Nova Zelândia.

O fudge tem presença forte nos EUA.

No Brasil ele chegou de mansinho e nos últimos três anos começou a ser mais conhecido, mas ainda tem muito potencial para crescer.

Vejam essa receita deliciosa, e me digam o que acham!

Receita de Fudge crocante de chocolate

Ingredientes:

1 lata de leite condensado
2 colheres de sopa de manteiga
1 pitada de sal
2 tabletes (360 – 400 g) de chocolate meio amargo bem picados
1/4 xícara de nozes bem picadas
1/2 xícara de damascos secos bem picados
Chantilly ou sorvete de creme para servir

Modo de fazer:

Em uma panela de fundo grosso,coloque o leite condensado, a manteiga e o sal.

Leve ao fogo médio por 5 minutos mexendo sempre,até engrossar. Retire do fogo e junte o chocolate.

Misture bem até obter uma pasta homogênea. Junte as nozes e os damascos e mexa delicadamente.

Despeje a mistura em uma assadeira quadrada (23 cm) forrada com papel- alumínio. Alise a superfície e deixe esfriar na geladeira.

Depois que estiver firme, corte em cubos de 3 cm e sirva acompanhado de chantilly ou sorvete de creme ou de sua preferência.

Bom apetite!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Torta gelada de cereja

Sobremesas especiais para servir nesse começo de ano:

Sobremesas com as frutas típicas desse dessa temporada como o abacaxi, uvas e romã são refrescantes e tradicionais e além de serem deliciosas e saudáveis.

Se vocês forem receber os familiares ou seus amigos em casa nessa época do novo ano e ainda não sabe o que servir para a sobremesa, vejam quantas sugestões de pudins, bolos, tortas, mousses, pavês e sorvetes diferentes e deliciosos, para todos os gostos desde calóricos e até mesmo receitas equilibradas.

O difícil é saber qual dessas sobremesas iremos servir!!!

Escolham suas receitas preferidas e ganhe, com certeza, diversos elogios de seus convidados!!!

Torta gelada de cereja

Ingredientes:

Massa:

4 colheres de sopa de manteiga sem sal
1 pacote de bolacha maizena (200 g)

Recheio:

2 ovos
200 g de ricota sem sal
150 g de cream cheese / cream cheese light
3/ 4 xícara de açúcar ou adoçante em pó culinário
100 g de cereja em calda ou fresca
1 clara
2 colheres de sopa de açúcar
Raspas de limão
Folhas de hortelã para decorar

Acessório para utilizar: Forma Redonda de 22 cm de diâmetro e com aro removível

Modo de fazer:

Em uma tigela, misture a manteiga sem sal e o biscoito maisena triturado até formar uma farofa úmida.

Acrescente a farofa no fundo da forma. Leve ao forno preaquecido a 180º durante 15 minutos.

No liquidificador, bata os ovos, a ricota, o cream cheese (opcional o cream cheese light) e o açúcar até formar um creme homogêneo e de cor creme.

Distribua o creme sobre a massa assada e coloque as cerejas,no fundo do creme.

Leve novamente ao forno preaquecido por mais 15 minutos.

Deixe esfriar.

Misture a clara com o açúcar ou adoçante culinário e leve ao fogo em banho-maria, mexendo sempre até amornar.

Transfira para a batedeira e bata aos poucos até formar picos firmes.

Distribua sobre a torta, salpique as raspas de limão, decore com folhas de hortelã e cerejas ou se preferir com morangos.

Sirva gelado e imediatamente.

Rendimento: 6 porções.

Dica: Sirva com café ou chá de sua preferência.

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

receita de Panqueca sem açucar – uma delicia!

Olá Bellas! Tudo bem?

Sabe quando bate aquela vontade de um docinho?

Segue uma receitinha ótima de panqueca, fácil de fazer, que rapidinho fica pronta, sem nadica de nada de açúcar…

Para preparar a panqueca você vai usar 3 claras e 1 gema + 2 colheres de sopa polvilho doce + 2 colheres de sopa polvilho azedo + 1 colher de sopa de farinha de linhaça – bata tudo no liquidificador, unte a frigideira e então você terá 2 panquecas…

O recheio você coloca com a panqueca na frigideira em fogo baixo pra dar uma derretida…

Nessa foto eu fiz pasta de amendoim, morango, banana, nibs de cacau e canela, dobrei no meio e cortei. Bem simples, e beeem bom !!!

Experimentem e depois me contem!!

Beijos e até a próxima!!

Alessandra Ades
Nutricionista.