BUSQUE O ARTIGO

Moda, Beleza e Comportamento

Tag Archives:
profissionais

Cuidados ao contratar fornecedores para sua obra

Olá Bellas, tudo bem?

Hoje vou dar algumas dicas de cuidados essenciais que devemos ter ao contratar um fornecedor ou serviço para nossa reforma.

Com as redes sociais, é muito comum temos muitas referencias boas de profissionais com mais facilidade. Mas mesmo assim e muito importante levantar alguns aspectos na hora de tomar a decisão.

luiza1

1.       Pegue referencias de quem já usou o serviço

Ao iniciar sua pesquisa, procure referencias de outros clientes que já contrataram o profissional ou mesmo avaliações na internet, em sites de atendimento ao consumidor ou portais de serviço. Isso é muito importante para que você não tenha dor de cabeça depois, mesmo que não garanta totalmente que o serviço será 100%. As vezes dá certo com um cliente e com outro não, mas geralmente empresas e profissionais com boas referencias já são um ótimo começo. Avalie também o portfólio e serviços executados, para avaliar se eles seguem o seu padrão de orçamento e qualidade.

2.       Verifique se a empresa ou profissional são idôneos

Verifique dados como cnpj, endereço, site, telefone fixo. Isso e facilmente encontrado na internet hoje e ajuda bastante na hora de contratar, além de o contato do profissional responsável e no caso de arquitetos e engenheiros, se possuem registros nos órgãos competentes.

3.       Faça mais de um orçamento do mesmo serviço

Isso e muito importante para que você possa avaliar o padrão de custo de um serviço. Geralmente com 3 orçamentos você já consegue um excelente resultado para avaliar. Só temos que nos atentar se estamos comparando orçamentos iguais. Por exemplo, ao orçar uma marcenaria de um closet, os materiais como a madeira, puxadores, ferragens e acabamentos devem ter o mesmo padrão para que seja possível comparar os fornecedores.

Formas de pagamento e prazo de entrega devem ser levados em conta. Lembre-se que nem sempre o serviço mais barato e o mais vantajoso. Se dois orçamentos estiverem parecidos e um muito mais barato provavelmente algo esta errado. O barato geralmente sai caro, por isso muito cuidado!

luiza3

4.       Faça um contrato claro e objetivo

Depois de escolhido o fornecedor, elabore um contrato com todos os detalhes do que foi orçado. Se precisar conte com a ajuda de um advogado nesse processo. Não acerte nada de boca pois isso pode dar muita dor de cabeça depois.

luiza4

5.       Documente todo o processo por e-mail

Documentar todas as conversas, acordos e mudanças por e-mail é muito importante para que não haja divergências após a execução dos serviços, seja no que foi entregue ou nos pagamentos.

6.       NUNCA, JAMAIS, PAGUE O SERVIÇO ANTECIPADAMENTE.

Sim, coloquei em caps lock para que essa frase fique em destaque. Mesmo que o profissional ofereça desconto para o pagamento antecipado, não faça isso sem que o serviço tenha iniciado. Mesmo com um contrato em mãos isso pode gerar problemas. A minha dica é que seja pago um sinal de no máximo 50%, e se for um serviço curto, o restante seja acertado na finalização do mesmo.

luiza5

E aí bellas, gostaram das dicas de hoje? Se você quiser uma dica sobre algum assunto especifico, manda sua sugestão para gente!

Um grande beijo,

Arq. Luiza Altman
Clinica DECORação
https://www.facebook.com/siteclinicadecoracao/
www.clinicadecoracao.com.br
Instagram: @clinicadecoracao

Mulheres maravilhosas na terceira idade

Hoje é fácil encontrar mulheres acima de 60 anos bonitas, bem cuidadas, com boa saúde e disposição. Boa parte das que conheço viveu (algumas ainda vivem) o mundo corporativo com intensidade. Elas pertencem às primeiras gerações de mulheres que subiram na hierarquia corporativa tendo que abrir espaço com muito esforço num mundo masculino duro e fechado. Muito mais do que é hoje em dia.

Por conta disso, se por um lado, algumas se tornaram um pouco mandonas e com pouca paciência para joguinhos nos relacionamentos, por outro lado, são mulheres de cabeça aberta, disponíveis para novidades e explorar novos territórios, o que as torna ótimas e interessantes companhias. Sempre fico impressionada com a capacidade energética que possuem para realizar uma quantidade assombrosa de atividades.

Com menos pressão, e algumas com a vida ganha, o mundo após os 60 poderia ser um mar de rosas mas o que tenho notado é que costuma não ser (e antes de que alguém levante a mão: óbvio que há excessões). A primeira questão que percebo é que várias delas andam só embora desejassem estar com alguém. São mulheres com dificuldade em arrumar uma companhia masculina à altura delas. Percebo um certo desalinhamento de expectativa de vida entre homens e mulheres, especialmente nessa geração. É como se os homens de mais de 60 quissessem ficar mais calmos e quietos… mais rotineiros talvez.

A segunda questão que tenho notado trata de casais compostos por estas mulheres e seus companheiros que, por algum motivo, não conseguem chegar tão bem dispostos e cuidados na terceira idade. Normalmente mais negligenciados nos cuidados físicos, além da impiedosa e exuberante barriga, eles enfrentam diversos problemas de saúde que lhes restringe as oportunidades de viver uma aposentadoria mais leve e livre.

Assim, várias dessas mulheres, ao invés de estarem desfrutando a vida, teminam dedicando parte dela cuidando de maridos da mesma faixa etária como se fossem idosos 20 anos mais velhos. Claro que não me refiro àqueles que sofreram uma doença inesperada que lhes limitou a qualidade de vida, mas daqueles homens que por descuido mesmo carregam hoje uma terceira idade cheia de limitações e dificuldades. Isso me faz refletir como o cuidado com nosso corpo é uma questão de amor por nós e pelos seres que mais amamos.

Olhando para essas mulheres penso como a vida não foi fácil para elas, como elas tiveram que quebrar tantos paradigmas, liberando o caminho para as que viemos atrás; e como, em alguns casos, a vida continua sendo difícil. Neste mês da mulher, é com elas que começo a homenagem do tipo de mulheres especiais que tenho encontrado nos meus estudos e que nos servem de exemplo e inspiração: as maravilhosas mulheres da terceira idade.

Nany Bilate
www.behavior.com.br/blog