BUSQUE O ARTIGO

Moda, Beleza e Comportamento

Tag Archives:
reforma

Cuidados ao contratar fornecedores para sua obra

Olá Bellas, tudo bem?

Hoje vou dar algumas dicas de cuidados essenciais que devemos ter ao contratar um fornecedor ou serviço para nossa reforma.

Com as redes sociais, é muito comum temos muitas referencias boas de profissionais com mais facilidade. Mas mesmo assim e muito importante levantar alguns aspectos na hora de tomar a decisão.

luiza1

1.       Pegue referencias de quem já usou o serviço

Ao iniciar sua pesquisa, procure referencias de outros clientes que já contrataram o profissional ou mesmo avaliações na internet, em sites de atendimento ao consumidor ou portais de serviço. Isso é muito importante para que você não tenha dor de cabeça depois, mesmo que não garanta totalmente que o serviço será 100%. As vezes dá certo com um cliente e com outro não, mas geralmente empresas e profissionais com boas referencias já são um ótimo começo. Avalie também o portfólio e serviços executados, para avaliar se eles seguem o seu padrão de orçamento e qualidade.

2.       Verifique se a empresa ou profissional são idôneos

Verifique dados como cnpj, endereço, site, telefone fixo. Isso e facilmente encontrado na internet hoje e ajuda bastante na hora de contratar, além de o contato do profissional responsável e no caso de arquitetos e engenheiros, se possuem registros nos órgãos competentes.

3.       Faça mais de um orçamento do mesmo serviço

Isso e muito importante para que você possa avaliar o padrão de custo de um serviço. Geralmente com 3 orçamentos você já consegue um excelente resultado para avaliar. Só temos que nos atentar se estamos comparando orçamentos iguais. Por exemplo, ao orçar uma marcenaria de um closet, os materiais como a madeira, puxadores, ferragens e acabamentos devem ter o mesmo padrão para que seja possível comparar os fornecedores.

Formas de pagamento e prazo de entrega devem ser levados em conta. Lembre-se que nem sempre o serviço mais barato e o mais vantajoso. Se dois orçamentos estiverem parecidos e um muito mais barato provavelmente algo esta errado. O barato geralmente sai caro, por isso muito cuidado!

luiza3

4.       Faça um contrato claro e objetivo

Depois de escolhido o fornecedor, elabore um contrato com todos os detalhes do que foi orçado. Se precisar conte com a ajuda de um advogado nesse processo. Não acerte nada de boca pois isso pode dar muita dor de cabeça depois.

luiza4

5.       Documente todo o processo por e-mail

Documentar todas as conversas, acordos e mudanças por e-mail é muito importante para que não haja divergências após a execução dos serviços, seja no que foi entregue ou nos pagamentos.

6.       NUNCA, JAMAIS, PAGUE O SERVIÇO ANTECIPADAMENTE.

Sim, coloquei em caps lock para que essa frase fique em destaque. Mesmo que o profissional ofereça desconto para o pagamento antecipado, não faça isso sem que o serviço tenha iniciado. Mesmo com um contrato em mãos isso pode gerar problemas. A minha dica é que seja pago um sinal de no máximo 50%, e se for um serviço curto, o restante seja acertado na finalização do mesmo.

luiza5

E aí bellas, gostaram das dicas de hoje? Se você quiser uma dica sobre algum assunto especifico, manda sua sugestão para gente!

Um grande beijo,

Arq. Luiza Altman
Clinica DECORação
https://www.facebook.com/siteclinicadecoracao/
www.clinicadecoracao.com.br
Instagram: @clinicadecoracao

O trabalho do arquiteto

Olá Bellas, td bem?

Muita gente ainda tem um pouco de dúvidas sobre o que um arquiteto faz e o porque ele realmente e necessário num processo de mudanças e reformas. Hoje eu vou explicar um pouco melhor para vocês esse papel e como esse profissional é tão importante.

Bom, um arquiteto pode atuar em diversas frentes como construção civil, decoração de interiores, urbanismo, cenografia, vitirinismo, gerenciamento de obras, entre muitas outras coisas. Vou me ater ao que mais procuramos, que é o arquiteto que faz projetos de reformas, casas e espaços em geral.

E o arquiteto que dará soluções que irão integrar estética, funcionalidade e praticidade a sua residência, vai avaliar o que cabe ou não no seu estilo de vida e orçamento, vai analisar as mudanças necessárias no seu imóvel e ajudar a projetar o seu sonho de forma organizada e realista.

Em um contato inicial, o arquiteto geralmente fara uma reunião com os clientes para identificar suas necessidades e avaliar em conjunto qual é a situação que os clientes precisam.

No caso de uma reforma completa, o arquiteto pode atuar desde o projeto inicial (alvenarias, elétrica e hidráulica, iluminação, forro, decoração, marcenaria, marmoraria, layout, etc) ou somente em algumas etapas.

Após esse primeiro encontro, é feito um levantamento no local, para que o arquiteto tenha as informações necessárias para iniciar seu trabalho tais como: medidas, alturas, instalações, regras do local da obra, entre outros).

luiza2

Após esse levantamento passamos para o que chamamos de Estudo preliminar, onde apresentaremos algumas ideias iniciais aos clientes, como soluções de layout e revestimentos, e pode haver imagens em 3 dimensões para que o cliente visualize melhor o resultado, plantas e vistas, croquis e desenhos artísticos. As opções são variadas, conforme a necessidade do cliente e a experiência do profissional.

Exemplo de 3d que pode ser feito para a apresentação ao cliente
Exemplo de 3d que pode ser feito para a apresentação ao cliente

Após a aprovação dessas primeiras ideias, o arquiteto poderá fazer todas as partes do processo contando ou não com a ajuda de projetos complementares (quando forem necessários, automação e ar condicionado, por exemplo), feitos por outros profissionais especialistas. Porem cabe ao arquiteto juntar todas essas informações e compatibilizar as soluções encontradas às suas ideias.

Passada as fases iniciais do projeto, com as definições em mãos, ele parte para o que chamamos de projeto executivo, onde ira detalhar tudo conforme as necessidades de execução, para que seja executado fielmente as ideias propostas, além de ser uma poderosa ferramenta para orçamentos mais precisos, o que facilita muito na hora da obra.

O mesmo arquiteto que fez o seu projeto pode ser o gerenciador de sua obra. Na obra ele ira fazer orçamentos de produtos e serviços, orientar as etapas de obra e os fornecedores, escolher materiais, acompanhar entregas e execuções.

Muitas pessoas tem a impressão de que contratar um arquiteto para sua reforma e algo inalcançável ou precisa de um investimento muito elevado e por isso optam por não contratar a ajuda de um profissional. Ao contrario, hoje existem diversos profissionais atuando de forma mais acessível, como a Clinica DECORação, por exemplo com consultorias e assessorias, porem para quem não precisa de grandes mudanças como uma reforma completa.

A contratação de um profissional minimiza gastos desnecessários com compras equivocadas, com desperdício de materiais na obra, com má execução de serviços e ainda deixara sua casa com a sua cara, pois o mesmo trabalhará de forma personalizada, além de estar dentro da lei e ser mais seguro para você e sua família. Para isso procure sempre um arquiteto conforme seu estilo e referencias, e o mais importante, registrado no CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo).

luiza4

Assim você evita transtornos e fica com sua casa linda!

E aí Bellas, gostaram das dicas de hoje? Se você quiser uma dica sobre algum assunto especifico, manda sua sugestão para gente!

Um grande beijo,

Arq. Luiza Altman
Clinica DECORação
https://www.facebook.com/siteclinicadecoracao/
www.clinicadecoracao.com.br
Instagram: @clinicadecoracao

Organização da casa – Divisão dos armários

Olá Bellas!!

Na hora de reformar sua casa, é sempre importante pensar em cada detalhe, pra que depois você não se arrependa. O ideal é ter a ajuda de um profissional.

Escolher a divisão interna dos armários faz toda diferença. Um exemplo é na cozinha pois, assim como os apartamentos modernos, hoje em dia  elas estão são cada vez menores, e conseqüentemente os armários também.

O ideal é ter armários com prateleiras internas e gaveteiros com divisórias. Os aramados aproveitam os espaços que sobram. Cada cantinho pode (e deve) ser aproveitado. Afinal, sempre temos muita coisa para guardar.

Uma dica: procure não empilhar xícaras, taças de sobremesa e nem uma quantidade muito grande de pratos.

Agora, o mais importante é organizar de forma que facilite na hora de buscar os utensílios e acessórios para cozinhar.

Esperamos que vocês tenham gostado das dicas.

Até a próxima!

Beijos,

Giu e Cris
atendimento.organizadamente@gmail.com

Reforma – por onde começar?

Na hora de reformar a casa, escritório, apartamento ou apenas um ambiente, é normal se perguntar: “E agora, por onde começar?”. Visto que uma reforma envolve diversas etapas, serviços e fornecedores, o ideal é ter um projeto, planejado por um profissional especializado, que orientará o que deverá ser executado e onde você poderá visualizar como os ambientes ficarão antes mesmo de iniciar a reforma.

luiza quarto

Projeto para dormitório de bebê – Clinica DECORação

Mas, se você já tem o projeto e resolveu gerenciar a obra por conta própria, segue uma ordem de serviços que poderão auxiliar nessa tarefa.

  1. Com o projeto em mãos, a escolha de fornecedores, execução de orçamentos e comparativos de preços é essencial;
  2. Escreva contratos de serviços detalhados, principalmente com a mão de obra contratada, para que nada fique acordado “de boca” e tudo fique documentado entre as partes;
  3. Após listado e documentado tudo o que pretende fazer na reforma, inicie pelas demolições de paredes; retirada de antigos revestimentos, pisos e peças sanitárias. Execute os recortes necessários para novos pontos de elétrica e hidráulica.;

 

luiza obra

Recortes para pontos de hidráulica em cozinha

2 – As paredes e pisos são preparados para receber os novos revestimentos, que deverão ser assentados por profissionais especializados, as soleiras devem ser instaladas e o gesseiro pode entrar nessa fase, lembrando que a infraestrutura para iluminação já deve estar pronta;

3 – O piso, depois de instalado o revestimento, deve ser bem coberto por papelão ondulado para evitar danificações.

piso

Piso revestido com assoalho de madeira

 

4 – O pintor começa a preparar as paredes e passar duas demãos de tinta. Luminárias, acabamentos elétricos, louças sanitárias, materiais sanitários, bancadas de pedra, box e espelhos poderão ser instalados. Se houver marcenaria ou móveis planejados, deverão ser instalados antes da última demão de tinta.

luiza obra3

Instalação de marcenaria – projeto Altman Arquitetura

 

5 – Após uma limpeza fina, móveis e objetos decorativos entram no ambiente. Finalizando com a última demão de tinta. Se houver papel de parede e persianas estes devem ser os últimos itens a entrar na obra, para que não danifiquem.

 

Obviamente, sempre é ideal ter um profissional qualificado para esse processo. Porem nem sempre é possível, então com esse pequeno guia em mãos, ficou mais fácil seguir em frente não é?

 

Um grande beijo,

 

Arq. Luiza Altman

Clinica DECORação

https://www.facebook.com/siteclinicadecoracao/

www.clinicadecoracao.com.br

Instagram: @clinicadecoracao

*Co autoria da Arq. Ana Brito