BUSQUE O ARTIGO

Moda, Beleza e Comportamento

Tag Archives:
salada

Como montar uma salada completa e nutritiva?

A salada vem se fazendo cada vez mais presente nas nossas mesas e é indispensável na rotina dos veganos e dos vegetarianos.

Apesar de muita gente achar que a salada serve apenas de acompanhamento e não enche a barriga, esse prato pode ser uma refeição completa, saborosa e muito nutritiva.

Entretanto, muitas pessoas ainda têm dificuldades na hora de montar e saborear uma salada com bastante variedade de ingredientes, capazes de torná-la mais diversificada, colorida e gostosa.

Confiram abaixo dicas de como montar uma salada completa, nutritiva e muito atraente:

1.Comecem pelas folhas:

A base de uma boa e deliciosa salada são as folhas. As folhas são ricas em fibras, ajudam na sensação de saciedade e ainda protegem as paredes do estômago.

Pelo fato de serem ricas em fibras, as folhas ajudam a controlar o colesterol, a glicemia e os triglicerídeos, prevenindo doenças como a diabetes e a pressão alta. Além disso, melhoram o trânsito intestinal.

Para deixarem suas saladas mais ricas, apostem em uma mistura de tipos diferentes de folhas.
Algumas sugestões: Alface,espinafre,rúcula,couve e a acelga.

2.Adicionem os legumes:

Apesar das folhas serem muito importantes numa salada e fornecerem uma série de nutrientes, um prato completo e realmente nutritivo precisa de deliciosos legumes.

Na hora de adicionar esses itens à sua salada, uma boa regra é deixá-la o mais colorida possível. Divirtam-se com as diferentes cores e sabores dos alimentos. Colorir a refeição é importante porque alguns artigos são ricos em determinados nutrientes que são responsáveis por dar cor a eles.

Os alimentos de cor avermelhada, por exemplo, são fontes de vitamina C e licopeno.
Já os alaranjados são ricos em vitamina E e betacaroteno.
Os alimentos roxos são ricos em antocianinas e resveratrol — antioxidantes muito potentes.

Algumas sugestões de legumes para tornar sua salada mais completa e nutritiva são o brócolis, a beterraba, o pepino, o tomate, os rabanetes, o chuchu, os pimentões e a cenoura, alimentos de cores bem diversas e ricos nos mais diferentes nutrientes!

Acrescentem alguns carboidratos:

Quem pensa que a salada não pode ser uma boa fonte de carboidratos está redondamente enganado: bastam escolher os ingredientes certos.

Até porque, em uma refeição realmente completa deve conter nutrientes dos mais diversos grupos e não somente vitaminas e minerais. Os carboidratos, por exemplo, são essenciais em nossa alimentação, pois eles são a principal fonte de energia para o organismo.

Por isso, acrescentem em suas saladas alguns cereais integrais, como a cevada e a quinoa, ou então alguns tubérculos, como a batata-doce, a batata-inglesa e a mandioca.

Vale também preparar algumas torradinhas integrais para acompanhar a refeição e reforçar os carboidratos.

Experimente a mistura de frutas e legumes cozidos:

Caso vocês gostem de experimentar sabores diferentes, podem acrescentar algumas frutas — elas podem servir também como fonte de carboidratos. Além disso, trazem mais sabor e refrescância para a salada, sendo uma excelente sugestão, principalmente nos dias quentes de verão.

Porém, as frutas devem acompanhar os legumes cozidos, nunca as verduras. Isso porque o consumo de frutas e verduras na mesma refeição não é recomendado. Experimentem adicionar alguma fruta de preferência a uma salada de legumes cozidos a vapor, por exemplo, e verá como o resultado pode ser surpreendente!

Utilizem temperos naturais:

Uma salada saborosa precisa, além de variedade, ser bem temperada. Mas tomem muito cuidado nessa hora para utilizar somente temperos naturais, sejam eles frescos ou até mesmo desidratados.

Fujam dos temperos industrializados, que não têm nenhum valor nutricional e contêm agentes que podem ser tóxicos para o organismo e não agregam.

Temperem a salada usando diversos condimentos, como salsinha, cebolinha, orégano, manjericão, tomilho, alho, coentro e outros.
Para regarem o prato, prefiram o azeite extravirgem, o suco do limão e o vinagre.

A variedade em alimentos já torna a salada mais completa e nutritiva, além de deixá-la bonita e vistosa. Porém, se vocês desejarem caprichar ainda mais no visual, podem organizar os ingredientes por cor, em uma espécie de arco-íris, ou até mesmo apostar em cortes diferentes para os itens.

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Receitas que provam que é possível fazer um jantar light e saboroso

A gente bem sabe que encontrar uma opção saudável, gostosa e com poucas calorias pode ser uma tarefa difícil.

Por isso mesmo, seguem algumas deliciosas sugestões de jantares que fazem sucesso e podem ser feitos durante o ano todo:

  • Incremente o frango de todo dia com temperos especiais. A combinação das ervas com os vegetais resulta em um prato saboroso e com poucas calorias.
  • Procurando um recheio diferente para a sua panqueca? Experimente incluir o salmão na receita. Substitua o molho branco pronto por creme de leite light para diminuir as calorias do prato!
  • Além de ser super saboroso, o falafel no pão sírio é uma receita diferente para incluir no cardápio. Você pode até fazer uma noite árabe!
  • Fácil de preparar, a torta de legumes é uma ótima opção para um jantar de baixa caloria e que não requer muito tempo na cozinha.
  • Refrescante, a salada de fusilli é uma ótima maneira de fugir da mesmice. E a massa ainda é integral!
  • Para quem prefere pratos sem carne, o cozido marroquino com quinoa é um prato saudável, fazer de preparar, muito saboroso e também tem poucas calorias.
  • O peixe ao forno é uma excelente opção para o jantar. Acompanha um molho especial saboroso e muito fácil de preparar!
  • O acém pode ser uma carne muito macia, quando bem preparado. Inclua a carne no cardápio o cozido de acém que acompanha legumes na panela de pressão!
  • Prático de fazer, este quibe de abóbora recheado de rúcula e ricota é muito saboroso, além de saudável!
  • A massa é integral, o recheio é feito com espinafre e queijo e o molho branco completa a receita de panqueca.
  • A batata-doce é uma ótima opção para incluir no jantar, já que não é tão calórica quanto a batata. Experimente fazer a carne de panela acompanhada do tubérculo!
  • Para quem é fã do grão, a receita que conta com frango e legumes se torna uma excelente escolha para um jantar mais light.
  • O peixe assado no vapor preserva bem o tempero e sabor da carne, deixando-a ainda mais suculenta.
  • Que tal deixar a sua salada mais gostosa adicionando arroz integral? Combine vegetais e legumes como tomate-cereja, azeitona e couve.
  • Uma ótima ideia para os dias mais quentes – e mais corridos: Salada de maçã e palmito, acompanhada de um molho especial feito à base de maçã verde e azeite.
  • Com o frango desfiado, você pode preparar uma incrível salada tropical, que acompanha frutas como manga e uva Itália. Mas se você quiser pode escolher as suas favoritas e as da estação!
  • Fácil de preparar e bem rápida, a salada light de cebola, atum e pimentão combina ingredientes ótimos para manter a forma e a saúde.
  • O queijo feito da soja (Tofu) é uma opção bem conhecida dos vegetarianos, além de ter praticamente calorias negativas. Faça o ‘tofuburguer’ para o jantar ser mais leve!

Que tal tentar uma destas dicas e, aí sim, jante sem culpa!?

Bom apetite!!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Cúrcuma

Que tal acrescentar a cúrcuma no seu dia a dia? Deixa o prato bonito e super funcional!

O ingrediente ativo na cúrcuma é a curcumina,antigamente era usada apenas como corante natural, mas hoje sabemos que vai muito além disso.

A Cúrcuma tem muitas propriedades medicinais,a principal delas é a ação anti-inflamatória, mas seguem algumas de tantas outras vantagens. Vale a pena colocar a cúrcuma na rotina, tem várias formas de consumo:

  • É um agente anti-séptico e antibacteriano natural, muito utilizado na desinfecção de cortes e queimaduras.
  • É um desintoxicante do fígado natural
  • Pode prevenir e retardar a progressão da doença de Alzheimer
  • Pode ser utilizada para diminuir os níveis de colesterol no sangue
  • aliviar os sintomas de tensão pré-menstrual.
  • Traz bons resultados em retardar a progressão da esclerose múltipla em camundongos.
  • É um analgésico natural
  • Pode ajudar no metabolismo da gordura, ajudando no controle do peso.
  • Alivia os sintomas da depressão
  • Devido às suas propriedades anti-inflamatórias, é um tratamento natural para a artrite
  • Acelera a cicatrização de feridas

Você pode utilizar a Cúrcuma nos temperos da salada, ovos, carnes, frango ou peixe e dá uma tonalidade amarelada.

Outra forma é em chá.

Infusão de cúrcuma: Colocar 1 colher de café de pó de cúrcuma em 150 ml de água fervente e deixar repousar por cerca de 10 a 15 minutos. Depois de amornar, beber até 3 xícaras por dia no intervalo das refeições.

Karina Wajchenberg
Nutricionista Clínica CRN: 12228
Consultório: 3168-5302
@nutricao_rascovski

Salada oriental de Bifum

Bifum em chinês (Taiwan) significa “massa de arroz”.

Embora o macarrão feito com farinha de trigo seja mais popular no Brasil, é possível preparar esse alimento com outros ingredientes, como as farinhas de arroz, mandioca, milho e até quinua. Quem frequenta restaurantes orientais já deve ter percebido que o bifum, como é conhecida a versão da massa à base de arroz, faz sucesso. Assim como essa versão, as demais opções sem trigo são famosas entre os celíacos, ou seja, os indivíduos intolerantes ao glúten.

É um produto leve e saudável que pode ser consumido diariamente. É um alimento natural, simples e rápido de preparar, ideal para pessoas de todas as idades. Não contém Glúten e conservantes. Rico em vitamina E e B, é muito saboroso.

Fica pronto em dois minutos e é uma mão na roda para crianças e adultos, pode ser servido quente em sopas e bem gelado em saladas.

Vejam essa receita de salada:

Salada Oriental de Bifum

->Ingredientes:

200g de Bifum Original
2 pepinos japonês cortados em tiras bem finas
1 omelete feita com 3 ovos cortada em tiras finas
Sal e Glutamato monossódico a gosto
Óleo de gergelim a gosto
Amendoim torrado sem pele (Opcional)

->Modo de fazer:

Hidrate o Bifum Original, conforme a embalagem
Corte o pepino com um fatiador bem fino e o hidrate com o sal e assim que desidratar, esprema para retirar todo o sal.
Coloque metade do Bifum em uma saladeira, tempere com o sal e o glutamato monossódico e misture bem e coloque o pepino e o omelete e regue com azeite de gergelim e salpique o amendoim.

Rendimento: 4 porções

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Salada Ceasar de agrião e atum

Lata de atum: Ninguém costuma se gabar dela, a lata de atum quase sempre está ali, à espreita na nossa prateleira, pronta para qualquer emergência. Desde um patezinho rápido para matar a fome na praia; um toque de sabor ao molho de tomate… Tudo a ver com a típica praticidade americana, no melhor estilo!! Só abrir a lata!

Aliás, foi nos Estados Unidos que tudo começou desde o atum conservado em óleo, azeite ou até mesmo na salmoura, o atum começou a ser enlatado no início do século 20, na Califórnia. Dali foi levado para a Europa, e fez muito sucesso especialmente na Itália, Portugal e Espanha. As espécies que no final foram para a lata de atum são: Albacore, yellowfin, southern bluefin e tongol.

Salada Ceasar de agrião e atum

-> Ingredientes:

1 maço de agrião
1 lata de atum com óleo
1 pimentão amarelo picado
1 xícara de croutons
2 gemas de ovo
1 dente de alho picado
Sal a gosto
1/2 xícara de azeite de oliva
2 colheres de sopa de parmesão

-> Modo de fazer:

Em uma saladeira coloque o atum (reserve 1 colher de sopa), o pimentão amarelo e os croutons. Reserve.
Misture bem o atum reservado com as gemas cozidas e o alho, até obter uma pasta. Acrescente o sal e misture novamente. Junte o azeite, aos poucos, misturando bem. Sirva com a salada reservada. Polvilhe com o queijo parmesão ralado.

Dica: Se quiser, acrescente tomate seco.

Rendimento: 6 porções.

 

Bom apetite!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Salada refrescante de macarrão com espinafre

Receitas refrescantes para o Verão:

Esta chegando a estação do ano que o consumo de saladas, tanto com legumes ou verduras, aumenta significativamente e até mesmo servida com pedaços suculentos de frutas.

Uma refrescante e deliciosa salada de macarrão com espinafre é uma ótima opção pros dias quentes de verão, principalmente se for decorada e apreciada com nozes e tomate seco.

Saibam que a salada de macarrão com espinafre deve ser servida na hora, caso contrário o espinafre pode murchar.

Por isso, antes de começar a preparar a salada, é melhor ter o macarrão já cozido e reservado em um bowl.

Para a salada de macarrão com espinafre é bom usar os brotos que são muito mais ternos. Lave-os, escorra e coloque dentro da vasilha com o macarrão, misturando bem.

Salada refrescante de macarrão com espinafre:

Ingredientes:

400 gramas de Rigatoni ou Penne cozido e reservado em um bowl.
200 gramas de espinafre escaldado e picado
1 cebola bem picada
70 gramas de tomate seco picado
¼ xícara (chá) de nozes picadas
1 colher (chá) de orégano
1 dente de alho amassado
Sal, azeite de oliva e pimenta calabresa a gosto

Modo de preparo:

Misture em um recipiente a cebola, o tomate seco, as nozes, o orégano, o alho, o sal, o azeite e a pimenta calabresa.

Acrescente o macarrão e o espinafre.

Sirva a seguir ou deixe gelando até a hora de servir, mas lembre-se que o tome o espinafre pode murchar.

Rendimento: 6 porções.

Bom apetite!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express