BUSQUE O ARTIGO

Moda, Beleza e Comportamento

Tag Archives:
sobremesa

Pudim Fit

Pudim:

O pudim é uma sobremesa amada pelos brasileiros, uma receita clássica que faz parte de milhões de brasileiros. É tão popular que há quem acredite que se trata de uma especialidade da culinária brasileira.

Essa sobremesa surgiu no século XVI dentro dos conventos portugueses. E foi ensinada para nós brasileiros, já que eles eram nossos colonizadores, pegamos o gosto pelo doce bem rápido. Nessa época o pudim era feito de leite ainda.

Conta a história que essa sobremesa foi inventada por um abade português que não divulgava a receita para ninguém que ousava perguntar, mas como o sucesso do seu doce entre a população era tão grande, o abade decidiu fazer uma competição com outros confeiteiros da época, para ver se algum deles conseguia preparar o pudim perfeitamente como ele. Por fim das contas, na competição ninguém conseguiu fazer exatamente um pudim como o abade, porém os portugueses já tinham uma ideia de como chegar a algo próximo. A receita do abade só foi revelada após sua morte, seu caderno de receitas desapareceu misteriosamente e o segredo veio à tona: açúcar, gemas, água e toucinho de porco faziam o Pudim de Priscos, um sucesso bem simples da culinária portuguesa.

A receita se expandiu e o pudim agradou o paladar de muitos no mundo inteiro, aqui mesmo no Brasil se tornou uma sobremesa clássica, presente em qualquer tipo de evento ou situação por ser um doce muito fácil e rápido de se fazer. Além de se tornar extremamente popular, o pudim ganhou derivações: chocolate, frutas, pão… Tem para todos os gostos! Eles são preparados em banho-maria, método que consiste em colocar o creme preparado com os ingredientes em uma forma caramelizada, cuja é colocada dentro de outro recipiente com água e levada ao forno (ou fogo).

Pudim fit:

Ingredientes:

6 ovos
2 xícaras de leite desnatado
1 xícara de iogurte desnatado
3 colheres de sopa de adoçante culinário
3 colheres de sopa de açúcar demerara
1 colher de sopa de água

Modo de fazer:

Bater os ovos, leite, iogurte e o adoçante.
Reserve.
Coloque o açúcar demerara e a água na forma e coloque sobre o fogo médio até caramelizar.
Despeje delicadamente o pudim sobre a calda.
Leve ao forno no banho-maria por 40 minutos.

Rendimento: 10 porções.

Espero que aproveitem!

Bom apetite!!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

10 alternativas saudáveis para matar a vontade de comer doces

Comer um docinho depois do almoço ou jantar é tudo de bom. Ainda mais quando o quitute escolhido vem com chocolate ou até mesmo um chocolate. Porém, para quem está de dieta e deseja eliminar os quilinhos extras, essa prática não é nada boa.

Uma boa alternativa é substituir o tão amado bombom por uma porção de salada de frutas, por exemplo. Alem de deliciosa, a salada é extremamente saudável e rica em nutrientes, já que normalmente é feita com pelo menos umas cinco ou seis opções de frutas.

Para te ajudar a controlar a incontrolável vontade de comer doces, veja abaixo uma listinha com 10 alternativas saudáveis que te ajudam a driblar o desejo por doces.

1.Banana com canela:
Essa é uma receita clássica e super gostosa. Basta cortar uma banana ao meio e salpicar com canela. Se preferir, leve a banana ao micro-ondas por alguns segundos e pronto, ela fica ainda mais gostosa!

2.Gelatina:
Além de extremamente saborosa, a gelatina é composta praticamente de aminoácidos (proteínas), que ajudam na síntese e na renovação do colágeno. Se consumida regularmente, ela auxilia na redução dos níveis de colesterol no sangue, triglicérides e controla a glicemia. Por ser rica em proteína, ela fortalece os ossos e previne o organismo de doenças como a osteoporose. Uma boa dica é escolher as opções diet e light, que não têm açúcar.

3.Frutas secas:
Ameixa, damasco e outras frutas secas são ótimas opções para saciar a vontade de comer doce. Se a situação estiver complicada, uma boa dica é mergulhar o damasco na alfarroba líquida. Fica uma delícia e é uma perdição!!!

4.Pera ao forno:
Corte uma pera em quatro ou mais pedaços e os leve ao forno. Ao perceber que já estão amolecendo, retire-os do fogo e os deixe esfriar. Se quiser adoçar a fruta, pingue algumas gotinhas de mel. Fica delicioso!!

5.Salada de frutas:
Uma fruta sempre cai bem. Ainda mais as mais adocicadas, como banana, manga e caqui, por exemplo. Uma boa dica é fazer uma deliciosa salada de frutas e separar a mistura em potinhos para você não exagerar na dose.
E uma boa dica é servir a salada de frutas,regada com suco de laranja.

6.Uva congelada:
Essa alternativa é tão gostosa quanto um picolé de uva. Na verdade, o gostinho é quase o mesmo. Basta colocar as uvas sem semente em um pote e levar ao congelador. Depois é só comer algumas uvinhas e se deliciar com o sabor. Se preferir, amasse as uvas até formar uma pasta de “sorvete”.

7.Frozen yogurt
O frozen yogurt é uma ótima alternativa para substituir os doces. Sem glúten, com poucas calorias e 0% de gordura, o frozen yogurt ainda tem um alto valor nutricional. Uma boa dica é rechear o gelado com frutas da estação!

8.Oleaginosas:
Nozes, castanhas e amêndoas (preferencialmente com pouco ou sem sal) pode ajudar a combater a vontade incontrolável de doces. Mas não exagere na dose, pois algumas oleaginosas são bastante calóricas.

9. Chás:
Os chás também ajudam bastante no controle do consumo de doces. Saborear um chá calmante, como o de melissa ou camomila ou erva doce, por exemplo, é boa escolha. Se você é daquelas pessoas que precisa adoçar a bebida, pode pingar algumas gotinhas de mel.

10.Alfarroba:
A alfarroba tem gosto, cor e textura semelhantes ao do chocolate. A boa notícia, no entanto, é que ela não tem a gordura do chocolate. Rica em vitaminas B1 e B2, ela ajuda o organismo a metabolizar gordura, carboidrato e proteína. Além disso, ela ainda é fonte de vitamina A, que protege a pele e a visão, além de cálcio e magnésio. Ou seja, ela é uma boa opção para saciar a vontade de doce.

Bom apetite!!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Mousse bicolor de chocolate e maracujá

Origem do mousse:

Proveniente do francês, “mousse” quer dizer “espuma”, e entrou no mundo culinário em 1894, sendo reservada especialmente a pratos salgados, tais como o peixe e os legumes. E, foi no início de 1900 que o famoso artista francês Henri Toulouse-Lautrec, teve a brilhante ideia de misturar o chocolate e chamou-lhe “maionese de chocolate”

Felizmente o nome foi alterado e adotou um nome mais apetitoso, ainda hoje conhecido por “mousse de chocolate”.
Esta tradição francesa, conhecida mundialmente, é servida desde o café da esquina aos restaurantes gourmet!

Uma outra versão é tão interessante,que a outra. conta que na Roma antiga, existia uma mistura de mel com vinho chamada de muslum. Com as modificações do latim, a palavra transformou-se em mulsa.

Em francês, a palavra se transformou em mousse e, por volta do século 19, foi o nome dado a um doce aerado preparado na Inglaterra. Mousse na França ou musse no bom português, significa algo leve e espumoso, porém com textura estável.

Segue uma receita de mousse para que possam degustar essa maravilha!

Mousse bicolor:

->Ingredientes:

1 lata de leite condensado
2 latas de creme de leite sem soro
A mesma medida de suco de maracujá concentrado
1 barra de chocolate ao leite (170 g)

->Modo de fazer:

Bata no liquidificador o leite condensado, o suco de maracujá e uma lata de creme de leite, por aproximadamente 5 minutos e reserve.
Derreta a barra de chocolate em banho-maria e acrescente uma lata de creme de leite.
Coloque o chocolate com o creme de leite em uma travessa e espalhe bem, em seguida coloque a mousse, leve para gelar e sirva a seguir.

Rendimento: 6 porções.

Bom apetite!!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

*foto retirada do site Cybercook.uol.com.br

Cookies de Aveia

Como todas as coisas gostosas da vida, ele surgiu por acaso quando pequenas porções de massa de bolo eram colocadas no forno para testar a temperatura. O nome confirma: a palavra cookie vem do holandês koekje, que significa “pequeno bolo”.

Esses pequenos bolos eram preparados com massa doce, feitos em recipientes pequenos e comidos com as mãos. As pessoas perceberam que eram perfeitos para beliscar ou mesmo comer em sobremesas. Os britânicos descobriram que estes poderiam ser biscoitos ideais para o seu tradicional chá.

Segue abaixo uma receita de cookie de aveia.

Cookies de aveia

-> Ingredientes:

200 g de manteiga
1 xícara de chá de açúcar mascavo
1 xícara de chá de farinha de trigo
2 xícaras de chá de aveia em flocos
1 colher de chá de de fermento em pó
2 colheres de chá de canela em pó
1 ovo
1 colher de chá de essência de baunilha

->Modo de fazer:

Em uma tigela misture o açúcar, a farinha, a aveia e o fermento.
Amasse um pouco e coloque a canela, o ovo e a baunilha.
Amasse até ficar macio.
Abra com o rolo e faca cortes com uma forma redonda.
Coloque em uma assadeira e leve ao forno de 15 a 20 minutos, ate ficarem dourados.
Quando esfriar, peneire açúcar de confeiteiro.

Rendimento: 35 porções.

Bom apetite!!

 

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Receita de Fudge crocante de chocolate

Fudge:

Algumas fontes citam que o fudge é um doce de origem britânica, que foi levado para os EUA onde popularizou-se. Outras, entretanto, dizem que o fudge é puramente americano.

Seja como for, hoje o fudge é muito mais popular nos EUA, apesar de também ter uma presença forte na Inglaterra, Austrália e Nova Zelândia.

O fudge tem presença forte nos EUA.

No Brasil ele chegou de mansinho e nos últimos três anos começou a ser mais conhecido, mas ainda tem muito potencial para crescer.

Vejam essa receita deliciosa, e me digam o que acham!

Receita de Fudge crocante de chocolate

Ingredientes:

1 lata de leite condensado
2 colheres de sopa de manteiga
1 pitada de sal
2 tabletes (360 – 400 g) de chocolate meio amargo bem picados
1/4 xícara de nozes bem picadas
1/2 xícara de damascos secos bem picados
Chantilly ou sorvete de creme para servir

Modo de fazer:

Em uma panela de fundo grosso,coloque o leite condensado, a manteiga e o sal.

Leve ao fogo médio por 5 minutos mexendo sempre,até engrossar. Retire do fogo e junte o chocolate.

Misture bem até obter uma pasta homogênea. Junte as nozes e os damascos e mexa delicadamente.

Despeje a mistura em uma assadeira quadrada (23 cm) forrada com papel- alumínio. Alise a superfície e deixe esfriar na geladeira.

Depois que estiver firme, corte em cubos de 3 cm e sirva acompanhado de chantilly ou sorvete de creme ou de sua preferência.

Bom apetite!

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express

Receita de pera ao vinho

Bons motivos para comer pera:

Um novo estudo, publicado foi descoberto que certos tipos de peras podem ajudar a controlar o diabetes tipo 2 e a pressão alta.

Saibam que a pera contém altas concentrações de compostos fenólicos, substâncias naturais também encontradas em algumas ervas medicinais, que fazem deste alimento uma importante arma no combate a algumas doenças.

De acordo com alguns estudos, o número de adultos e crianças diabéticas pode aumentar em 50% nos próximos 20 anos devido às dietas pouco saudáveis. Por isso, alimentos de cura simples e baratos, como a pera, serão cada vez mais importantes para a saúde.
“Nossos resultados sugerem que a pera pode melhorar o controle do diabetes na fase precoce, como parte de uma dieta saudável”
Segundo os pesquisadores, “uma estratégia dietética envolvendo frutas, incluindo peras, não só potencialmente poderia ajudar a melhorar o controle dos níveis de glicose no sangue, mas também reduzir o excesso de dependência de drogas para as etapas pré-diabetes.”.

Outros benefícios da pera:
Esse estudo também revelou também que a polpa da pera pode funcionar como um inibidor leve da ECA.
Inibidores da ECA são fármacos utilizados para tratar a pressão arterial elevada. Além de também combater a pressão alta, a pera possui outros benefícios para a saúde, como diminuir o risco de doença cardíaca, reduzir o peso, diminuir o risco de acidente vascular cerebral e até mesmo reduzir a inflamação.

Vejam uma receita à base de pera, para se deliciarem:

Pera ao vinho

-> Ingredientes:

3 peras
1 copo e 1/2 de vinho tinto seco de boa qualidade
2 copos de água
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sobremesa de canela em pó
Hortelã para decorar

-> Modo de fazer:

Retire delicadamente as cascas das peras, corte-as ao meio e retire as sementes, pode deixar com o cabo porque fica bonito na hora de servir.
Coloque em uma panela o vinho, a água, o açúcar e a canela.
Mexa até o açúcar diluir.
Adicione as peras e deixe no fogo baixo por cerca de 30 a 40 minutos (quando der 15 minutos de cozimento vire as peras).
Para saber se já está no ponto, tire a panela do fogo e veja se o líquido já virou uma calda.
Se estiver no ponto, é só servir e colocar hortelã em cima da pera.

Rendimento: 6 porções.

Michele Rachel Ventura Danciger
Consultora de Nutrição e Gastronomia da Bio Food
www.facebook.com/biofood.express